Outras colônias

Os suíços também estiveram presentes, embora em menor número, em outras colônias espalhadas por todo o Brasil. 

 “Coin de Forêt avec Fougères Arborescentes”, aquarela com guache e verniz, por William Michaud, século 19 Acervo Musée Historique Vevey, Suíça

“Coin de Forêt avec Fougères Arborescentes”, aquarela com guache e verniz, por William Michaud, século 19
Acervo Musée Historique Vevey, Suíça

No Amapá, fundaram a Colônia de Vila Vistoza de Madre de Deus (1767), entre os municípios de Macapá e Mazagão. Na Bahia, surgiu a Colônia Leopoldina (1818), no município de Mucuri. 

No Espírito Santo, a Colônia de Santa Isabel (1846) deu origem ao município de Domingos Martins. Em 1856, os imigrantes fundaram outras duas colônias nesse mesmo estado: Santa Leopoldina, hoje município de mesmo nome, e Rio Novo, município de Rio Novo do Sul. 

Em Santa Catarina, os suíços fundaram a Nova Helvetia (1897), no município de Ibirama, a Colônia de Presidente Getúlio (1904) e a de Bom Retiro (1922), em municípios com o mesmo nome. 

Em São Paulo, participaram da criação da Colônia Holambra II (1960), no município de Holambra. 

No Rio Grande do Sul, fundaram as colônias Santa Luzia e Santa Clara (1824), em Montenegro, atualmente município de Carlos Barbosa, e a Colônia Roca Sales (1881), no município homônimo.